Thoughts I (PT-ING)

PT

Estava tanto barulho que se fez silêncio. Havia pessoas a andar para trás e para a frente a decidir o que haveriam de jantar, ou apenas andavam a passear com o namorado ou amigo, não sei. Outras pessoas já com os tabuleiros nas mãos à procura de mesa ou à procura do resto da família ou amigos. Outras tantas já sentadas a apreciar o seu jantar, doce ou bebida, ou apenas a ver o futebol no ecrã grande. E outras ainda atarefadas a limpar as mesas, levantar tabuleiros deixados pelas pessoas, servir clientes esfomeados, outras à conversa sobre o que achava do novo treinador do Porto, e ainda havia crianças a correr para trás e para a frente sem preocupações, apenas a aproveitar o seu tempo de ser crianças, de ser genuinamente felizes, antes de ser tarde demais e serem mandadas para uma instituição onde vão aprender a serem obedientes incondicionalmente, e se se atreverem a mudar isso e serem rebeldes, vão ser postos de lado e vão sofrer de bullying por parte dos seus colegas. Mais tarde quando acabarem a escola, serão postos no mercado de trabalho, pensando eles, para ganharem dinheiro para sustentar a família, subir na vida e serem felizes, mas mal eles sabem que apenas são mais umas pessoas que irão ser esquecidas, apenas são mais umas peças de jogo, não interessa o quão alto chegarão no emprego, irão continuar a ser meros peões ou cavalos, rainhas ou bispos, do jogo de xadrez onde estão inseridos. Não interessa o quão alto se chega na vida. No máximo, o teu nome pode perdurar no tempo tal como Alexandre o Grande, mas o que é que isso interessa? O que interessa salvar o mundo? O que interessa fazer grandes feitos? O que interessa isso tudo? Tudo vão muitos dizer. Nada vai outros dizer. E aí eu pergunto-vos, o que é que vos faz realmente felizes? Não interessa deixar uma marca no mundo, pois talvez um dia este deixará de existir. Façam o que vos faz realmente felizes, escrevam, tirem fotografias, dancem, cavalguem, corram, joguem futebol ou outro desporto que gostem, cantem, falem, amem, não interessa o quê, mas sejam felizes. Vida temos só uma, pelo menos não me lembro de ter tido mais alguma antes desta, algumas pessoas afirmam que vivemos várias vidas, mas como não sei se isso é verdade ou não, não vou afirmar ou desmentir. Por acaso esse é um assunto que mexe muito comigo. Será que vivemos mais do que uma vida? Será que quando morremos, apenas o corpo morre e a alma abandona-o e voltamos a renascer noutro corpo? E com essas perguntas, surgem muitas outras tais como, será que existe a alma gêmea? Será que estamos destinados a encontrar o amor da nossa vida? E com estas aparecem muitas mais outras, mas não me apetece escrever mais perguntas destas. Aposto que toda a gente sabe as perguntas que se seguem. Perguntas que nos fazemos a nós próprios quando vamos dormir e o cérebro não se cala um pouco, quando estamos no mundo da lua. Perguntas que raramente deitamos cá para fora. Poucos são os que se aventuram a contar as suas questões.


 

ING

Was so much noise that there was silence. There were people walking around trying to decide what would dine, or just went for a walk with her boyfriend or friend, I don’t know. Other people already with the trays in their hands looking for table or searching the rest of the family or friends. Other many already sitting enjoying their dinner, sweet or drink, or just watching the football on the big screen. And others busy cleaning the tables, lifting trays left by the people, serve hungry customers, others talking about what they thought of the new coach of Porto, and still there were children running around with no worries, just enjoy its time to be children, to be genuinely happy, before it is too late and being sent to an institution where they will learn to be unconditionally obedient, and if they dare to change that and be rebellious, will be put aside and will suffer bullying by their peers. Later when they finish school, they will be placed in the labor market, thinking them to earn money to support his family, get ahead and be happy, but they don’t know they are only a few more people who will be forgotten, only more a game pieces, no matter how high they get in employment, they still continue to be pawns or horses, queens and bishops chess game where they live. No matter how high you reach in life. At best, your name can least in time as Alexander the Great, but what does it matter? What matters save the world? What interests do great things? What matters all that? It will mean a lot for some. Nothing will others say. And then I ask you, what makes you really happy? It does not matter if you leave a mark on the world, because maybe one day it will no longer exist. Do what makes you really happy, write, take photographs, dance, ride, run, play football or another sport you enjoy, sing, talk, love, no matter what, but be happy. Life, we ​​have only one, at least I don’t remember having other before this, some people claim that we live several lives, but as I do not know if this is true or not, I will not affirm or deny. By the way, this is something that I question a lot. Do we live more than one life? When we die, only the body dies and the soul abandons him and came back to be reborn in another body? And with these questions, there are many other such as, is there a soul mate? Are we destined to find the love of your life? And it appears many more, but I do not feel like writing more of these questions. I bet everyone knows the questions that follow. Questions we ask ourselves when we go to sleep and the brain does not shut up a bit, when we are on the moon. Questions that we rarely say out loud. Few are the ones who dare to tell their questions.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s