Roma, Itália (Erasmus +) | Dia 15

Dia 15 (5 Mar. ’16)

Hoje é sábado, e como tal fui passear mais a Milene. A nossa rota foi a seguinte:

– Apanhamos o metro em Furio Camillo

– Saímos em Otaviano (Vaticano)

– Vamos à Ponte de S. Ângelo e prendemos o nosso cadeados

– Visitamos o Castelo de Sant. Ângelo

– Apanhamos o metro em Otaviano

– Saímos em Flaminio

– Vamos à Villa Borghese

_DSC0020

Uma loja que encontrámos pelo caminho

E lá fomos nós, apanhámos o metro em Furio Camillo, saímos em Otaviano e vamos à Ponte de S. Ângelo. Quando chegámos lá, percebemos que se quiséssemos pendurar o nosso cadeado, teríamos de pendurar em outros cadeados, isto porque o gradeamento da ponte era demasiado largo para conseguirmos pôr o nosso. Lá encontrámos um sítio e prendemos o nosso cadeado. A Milene gravou o momento todo. Quando prendemos o cadeado mandámos a chave ao rio.

_DSC0026

A ponte de Sant. Ângelo

_DSC0037

O nosso cadeado

_DSC0043

O nosso cadeado

_DSC0044

Eu e o Castelo de Sant. Ângelo (foto: Milene Fialho)

Depois deste momento muito romântico entre nós as duas, fomos visitar o Castelo de Sant. Ângelo tal como tínhamos planeado. Foi super giro. Estivemos o tempo todo a comparar o Castelo com o jogo Assassin’s Creed.

_DSC0081

Umas estátuas dentro do castelo

_DSC0130

Tal como no Assassin’s Creed, uma catapulta

_DSC0156

Entrada no castelo

_DSC0200

Uma estátua

Íamos a meio do Castelo, quando encontrámos um café super giro e aproveitámos para comer qualquer coisa. Acabei por comer uma sandes de atum com um vegetais brancos muito estragos que mais pareciam cebolas (e o sabor também era super estranho). Como havia muitos pombos e gaivotas a rondar as pessoas à espera que estas lhes dessem comida, e eu também não estava a achar grande piada à sandes, fiz amizade com um pombo que vinha comer à minha mão. Quando já não tinha mais sandes, mostrei-lhe o meu dedo e ele deu uma pequena bicada que mais parecia um beijinho.

_DSC0240

O café

_DSC0242

A minha sandes

_DSC0248

O pombo

Lá subimos o resto do Castelo e chegámos aos topo. Estava tanto vento que tinha medo de ser levada por ele. E foi um pouco difícil para mim ganhar coragem para me aproximar um pouco mais da berma para conseguir tirar fotos à paisagem. Fez-me imensa confusão por causa da ventania que estava.

_DSC0274

Umas das salas do castelo

_DSC0311

Um corredor

_DSC0374

Vista do topo do castelo

_DSC0375

Vista do topo do castelo

_DSC0378

Vista do topo do castelo

_DSC0384

Topo do Castelo de Sant. Angelo

_DSC0398

Foto: Milene Fialho

Eram umas 2 e meia da tarde, quando eu e a Milene saímos do castelo e fomos apanhar o metro para a Villa Borghese. Apanhámos o metro em Otaviano e saímos em Flaminio.

_DSC0433

Uma gaivota

_DSC0485

A andar de baloiço no parque atrás do castelo de Sant. Angelo

Quando saímos do metro deparámos-nos com imensas pessoas a irem para uma praça (quando cheguei a casa percebi que era a Piazza del Popolo), então curiosas, seguímos-as. Era um festival/manifestação gay! Havia um palco enorme e milhares de pessoas com algo com as cores do arco-íris, desde cachecóis a pinturas faciais. Com isto descobrimos um museu com uma exposição de Leonardo Da Vinci. Adorei imenso o facto que termos ido lá. Basicamente o que havia na exposição eram folhas dos cadernos de Leonardo Da Vinci ampliadas em cartazes enormes (talvez em A3), representações das máquinas desenhadas por ele, e réplicas de alguns quadros, tal como a Monalisa.

 

_DSC0589

O Museo Leonardo Da Vinci

_DSC0590

Piazza del Popolo

_DSC0596

O festival/manifestação gay

_DSC0605

Parte da exposição no museo

Depois de sairmos do museu, entrámos na igreja que era mesmo ao lado, mas não gostei lá muito dela, era um pouco macabra.

E por fim, lá entrámos na Villa Borghese, mas como já estávamos super cansadas, decidimos ir para casa. Não chegámos a ver nada, só entrámos, andámos 100 metros e voltámos para trás. Quando íamos a regressar, ao passar pela entrada, estava um carro (um Jaguar) em cima de um muro. Tinha havido ali um acidente e nem de-mos conta disso. Como já estava a criar muita confusão fomos logo embora. Mas antes de voltar para o metro passámos num café, eu bebi um Cappuccino e a Milene um chá.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s